Exigência genérica de certidão de antecedentes criminais por supermercado é ilícita