Projeto considera impenhorável investimento em criptomoedas de até 40 salários mínimos