STF mantém decisão que suspendeu a cobrança do DIFAL de ICMS em 2021